A sociologia no Brasil, seu estado e o devir: apontamentos a partir de Florestan Fernandes

      A partir dos capítulos 3, 4 e 5 do livro A Etnologia e a Sociologia no Brasil é possível perceber um conjunto de entendimentos de Florestan Fernandes sobre a sociologia no Brasil, sobre como ele entende que ela deveria ser, bem como sobre o papel social que ele atribuiu a essa ciência … Mais A sociologia no Brasil, seu estado e o devir: apontamentos a partir de Florestan Fernandes

Mudança de nome e layout

Para simplificar o nome, Ad Observare agora é Observare. A URL original (adobservare.wordpress.com) continua válida, mas irá redirecionar para o novo domínio: < http://observare.slg.br >. Mudanças de layout foram feitas para simplificar a página e torná-la mais leve. Esperamos continuar compartilhando textos de cunho acadêmico na área de ciências humanas e estamos abertos para mais colaborações. Para … Mais Mudança de nome e layout

Notas de leitura: relações raciais e tensões interpretativas no (e sobre) o Brasil

            Os textos Baianos e paulistas: duas “escolas” de relações raciais? e O projeto UNESCO e a agenda das ciências sociais no Brasil dos anos 40 e 50 nos deixam a par de uma grande tensão interpretativa e política que as ciências sociais enfrentaram na tentativa de compreender as relações raciais no Brasil. Tensões essas … Mais Notas de leitura: relações raciais e tensões interpretativas no (e sobre) o Brasil

A fantástica fabricação social do mérito: notas de leitura da obra “A fantástica fábrica de chocolate” de Roald Dahl

Por Alef Lima             Em que se baseia o mérito? Quais são seus fundamentos? Perguntas de todas as ordens preenchem a história da meritocracia como configuração ideológica. Poucas vezes encontramos o mérito em outras formalizações que não aquelas vinculadas a uma abordagem marxista, ou excessivamente politizada, uma vez que o mérito se consagrou enquanto estrutura … Mais A fantástica fabricação social do mérito: notas de leitura da obra “A fantástica fábrica de chocolate” de Roald Dahl

A incidência do desejo na relação professor-aluno: apreciações sobre o filme “O sabor do grão”

             Por Alef Lima              O relacionamento professor-aluno é de longe algo que se faz em um intenso fluxo de relações, algumas refletem posições de poder e autoridade, outras remetem a uma amabilidade inesperada. Nesse aspecto, é importante indagar sobre a função da docência frente às demandas afetivas que os … Mais A incidência do desejo na relação professor-aluno: apreciações sobre o filme “O sabor do grão”

Problemas com a ideia de ‘emancipação humana’

                Segundo o dicionário Michaelis emancipação “é o ato ou efeito de emancipar ou de se emancipar”. No caso de um menor, de ter emancipação civil-legal em relação aos seus pais; no caso de uma colônia, a emancipação seria política em relação à metrópole. Assim, fica já implícito que a ideia de emancipação seria o … Mais Problemas com a ideia de ‘emancipação humana’

O corpo como objeto das Ciências Sociais

Por Alef Lima           Será cabível pensar que as ciências sociais podem almejar investigar o corpo, na medida em que suas especialidades são tão frequentemente abstratas, teoricamente, como o exemplo: das relações sociais, das instituições, das sociedades, das culturas, entre outras? Ou, compreendendo uma certa maneira de entender o corpo (não … Mais O corpo como objeto das Ciências Sociais