Comentário sobre a entrevista “Humanidade não pode salvar o planeta, afirma criador da teoria de gaia”

HUMANIDADE não pode salvar o planeta, afirma criador da teoria de gaia. BBC. Brasília, 31 mar. 2010. Disponível em: <http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2010/03/100331_lovelock_entrevista_rw.shtm/&gt;. Acesso em: 31 mar. 2010.

Harlon Romariz

O britânico James Lovelock é considerado um dos “mentores” do movimento ambientalista em todo o mundo. A Teoria de Gaia, por ele criada, foi um marco na percepção do mundo natural.

Desde então a Terra pode ser considerada como um organismo vivo ou superorganismo “no qual todas as reações químicas, físicas e biológicas estão interligadas e não podem ser analisadas separadamente”. O planeta terra para ele não pode ser entendido como uma simples soma dos elementos químicos e fenômenos físicos, mas num arranjo complexo, organizado e equilibrado de tudo que existe.

A sua declaração de que tentar salvar a Terra é perda de tempo, pareceu surpreender a muitos. Nessa entrevista concedida a BBC, Lovelock afirmou enfaticamente que “Tentar salvar o planeta é bobagem, porque não podemos fazer isso. Se for salva, a Terra vai se salvar sozinha, que é o que sempre fez. A coisa mais sensível a se fazer é aproveitar a vida enquanto podemos”.

Na verdade, não se poderia esperar outra declaração por parte dele. Sua teoria afirma que a terra é um organismo independente e vivo, e que fará de tudo para manter-se assim. Todas as mudanças ou elementos que prejudiquem sua existência serão eliminados por esse grande organismo. Se o homem já desencadeou essa reação, não há nada a se fazer para reverter o quadro. Toda ação humana será insuficiente. Já “apertamos o gatilho” e a terra já tomou sua decisão!

Essa afirmação, contudo, cria um sério problema. Indica uma percepção niilista da vida e tira de nós um dos recursos humanos mais preciosos: a esperança. Durante todo o movimento ambiental aprendemos que somos culpados pela destruição da terra, e o mais importante, que tínhamos a responsabilidade de alterar o destino e a possibilidade de encontrar a sustentabilidade. Agora, não há mais nada a ser feito!

Todos os discursos, os protestos, as conquistas, legislações, movimentos, práticas educativas que surgiram em prol da sustentabilidade nesses últimos 30 anos agora são marcas da “bobagem” humana. Tudo bem, qual a solução então?

Essa é a segunda declaração questionável de James. A primeira foi quando ele disse que deveríamos substituir a energia fóssil pela nuclear, diminuindo assim o efeito estufa. A idéia logo foi rechaçada e ele ganhou o apelido de “Gandhi da Ciência” pela revista New Scientist. Seu plano não entrou em funcionamento. A energia nuclear continua sendo criticada, e agora ele diz que todos vamos desaparecer porque não ouvimos seus conselhos, e mesmo se tivéssemos ouvido não adiantaria muito.

Quando o mundo acabar não terá sido por causa do capricho da deusa Gaia, mas pela irresponsabilidade humana de trazer o mal à realidade. Não descarto totalmente a Teoria de Gaia, acredito que os sistemas são interligados, mas não posso considerá-la como uma teoria infalível e absoluta. Prefiro acreditar que há Esperança, como narra a Bíblia, do que imaginar que chegou o fim da vida humana por completo, pois a arca metálica que partirá da China não passa do fruto da imaginação em Hollywood.

Anúncios

Um comentário sobre “Comentário sobre a entrevista “Humanidade não pode salvar o planeta, afirma criador da teoria de gaia”

Leave a Reply | Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s